Agende sua consulta
(43) 3328-8484
  • Dr. José Vicente Garcia

O que é psiquiatria?

Atualizado: 14 de Mar de 2019

A psiquiatria é a área da medicina que trata da saúde mental dos pacientes

A origem da palavra psiquiatria é grega e significa a “arte de curar a alma”. Essa etimologia não poderia estar mais correta. É o ramo da medicina que lida com diferentes formas de sofrimentos psíquicos das pessoas.


Desde a avaliação, passando pelo diagnóstico que é feito de forma profissional, mas ao mesmo tempo informal por meio de um diálogo com seu médico na consulta, é o psiquiatra quem dará a direção ao tratamento.


Com o diagnóstico definido, é ele quem acompanhará passo a passo todas as etapas, sendo sempre a pessoa a quem confiar seus problemas, porque o psiquiatra não vai lhe julgar e sim buscar soluções.


Transtornos como déficit de atenção, drogadição, bipolar, compulsão, depressão, ansiedade e tantos outras enfermidades da saúde mental são focos de atenção da psiquiatria.


Um breve histórico da psiquiatria


A história aponta ainda na era medieval a existência dos primeiros hospitais psiquiátricos, mas é a partir do século XVIII, com as casas de recuperação e tratamento para enfermos mentais, que a psiquiatria se desenvolve e ganha o mundo. Desde então, evolui a olhos vistos.


Com as inovações tecnológicas, o psiquiatra tem a possibilidade de pedir exames detalhados de imagens ou de realizar testes neurológicos, além de contar com suporte em casos de respostas difíceis ou inadequadas às medicações, como a neuro modulação.


Além dessas questões, é fundamental para o sucesso do tratamento que exista uma relação recíproca de respeito e confiança entre o paciente e o médico. Por isso, acredito que o atendimento humano é a alavanca de um tratamento bem-sucedido.


Quem aceita a existência uma enfermidade psíquica e vai à procura de ajuda especializada, terá uma vida com muito menos sofrimento.

Para que isso aconteça, é preciso primeiro superar o preconceito da procura ao psiquiatra. Então escolha um bom profissional para acompanhá-lo e seja fiel ao tratamento proposto.


Se você gostou deste texto, escreva aqui uma mensagem. Conte para mim o que achou do conteúdo e deixe sugestões para que possamos continuar utilizando este espaço para conversas sobre saúde mental.